Caros amig@s,

 

Temos o prazer de vos convidar para o primeiro Encontro de Zooarqueologia Ibérica, em associação com a 5ª Reunião Científica de Arqueomalacologia da Península Ibérica, a realizar de 26 a 29 de abril de 2017, na Universidade do Algarve, Faro, Portugal. Parece-nos pertinente associar estes dois eventos que, na sua essência, desenvolvem temáticas zooarqueológicas: um de objecto mais amplo, outro focado essencialmente em materiais arqueomalacológicos.

 

 

Encontro de Zooarqueologia Ibérica – EZI2017

 

Nas últimas décadas, a zooarqueologia tem tido excecionais avanços teóricos e metodológicos. Na Península Ibérica os especialistas desta disciplina têm-se multiplicado, resultando num conjunto muito significativo de trabalhos que versam sobre materiais faunísticos de várias cronologias e com abordagens diversificadas.

 

Não obstante este crescimento, os contactos entre os cientistas que trabalham em Portugal e em Espanha, bem como o enquadramento geográfico mais amplo dos estudos à escala peninsular, têm ficado aquém do seu potencial e da sua necessidade. Este primeiro Encontro de Zooarqueologia Ibérica (EZI2017) visa, assim, a divulgação da zooarqueologia em contexto peninsular e a criação de futuras parcerias entre os zooarqueólogos (e seus parceiros interdisciplinares) que trabalham materiais de ambos os países ibéricos. É nossa convicção que a ciência não deve ter fronteiras.

 

Os trabalhos a apresentar no EZI2017 devem preferencialmente centrar-se em materiais, sítios, ecologia e problemáticas da Península Ibérica. Também poderemos aceitar apresentações iminentemente teóricas ou metodológicas.

  • Abordagens interdisciplinares em zooarqueologia.

  • Animais como indicadores paleoambientais.

  • Dietas humanas e recursos animais.

  • Etnozooarqueologia.

  • Exploração de matérias-primas animais.

  • Melhoramento de espécies animais.

  • Questões tafonómicas.

  • Teoria e métodos da zooarqueologia.

 

 

5ª Reunião Científica de Arqueomalacologia da Península Ibérica – 5RCAPI

 

Realizada pela primeira vez em 2010, a Reunião Científica de Arqueomalacologia da Península Ibérica (RCAPI) tem já longa tradição na divulgação dos estudos zooarqueológicos de moluscos, equinodermes e crustáceos. Nas suas várias edições o RCAPI tem congregado investigadores procedentes de diversas disciplinas (pré-historiadores, historiadores, zooarqueólogos, arqueólogos, biólogos, etc.) demonstrando a sua iminente interdisciplina-riedade.

 

Realiza-se agora a sua 5ª edição, a primeira a ter lugar em Portugal. 

 

Os trabalhos propostos devem focar materiais (moluscos, equinodermes e crustáceos), sítios, ecologia e problemáticas da Península Ibérica. Também poderemos aceitar apresentações iminentemente teóricas ou metodológicas.

 

As apresentações no 5RCAPI devem enquadrar-se num dos seguintes temas:

 

  • Teoria e métodos da arqueomalacologia.

  • Estudos arqueomalacológicos (monográficos, regionais ou macroregionais).

  • Moluscos como indicadores paleoambientais.

 

 

***

 

Esperamos que a realização do EZI2017, em associação com o 5RCAPI, junte um grande número de investigadores na acolhedora região algarvia e contribua para o diálogo formal (e informal) entre pares, bem como para a divulgação da ciência zooarqueológica na Península Ibérica.

 

Contamos com a vossa presença!

 

 

A Comissão Organizadora,

 

Maria João Valente – Universidade do Algarve / CEAACP

Cláudia Costa – Universidade do Algarve / ICArEHB

Cleia Detry – Universidade de Lisboa / UNIARQ

 

 

***

 

A diversas circulares podem ser consultadas aqui.

O Programa Preliminar pode ser visto (e descarregado) nesta página.

 

  

Encontro de

Zooarqueologia Ibérica 2017

Universidade do Algarve, Faro, Portugal

26-29 de abril

em associação com a 5ª Reunião Científica de Arqueomalacologia da Península Ibérica